Massagem Criolifting Facial

A Massagem Criolifting Facial foi desenvolvida com o objetivo de minimizar os efeitos do envelhecimento facial. A massagem é indicada para prevenir os primeiros sinais, assim como tratar os graus mais avançados de flacidez tissular e muscular, rugas de expressão e rugas antigravitacionais.
No envelhecimento facial, existe uma queda no metabolismo basal, reduzindo a função de vários componentes celulares de todas as camadas da pele e da musculatura, causando perda de contorno facial, flacidez e rugas.
Na epiderme, a camada basal, responsável pela proliferação dos queratinócitos através da renovação celular, sofre um achatamento das papilas dérmicas, causando uma diminuição na velocidade e na quantidade de queratinócitos. Este tipo de alteração causa um excesso de células mortas na superfície da pele, prejudicando a permeação dos princípios ativos, além de causar um espessamento na pele (hiperqueratinização). Ainda na camada basal, existe uma redução no número de melanócitos e nas células de Langerhans. Os melanócitos (células especializadas em produzir melanina) são reduzidos, prejudicando a distribuição de melanina, causando, assim, regiões com excesso e outras com diminuição de pigmentação, ou seja, manchas escuras (hiperpigmentações) ou manchas claras (hipopigmentações). As células de Langerhans, (células especializadas pela imunidade e proteção da pele) também são reduzidas, aumentando a reatividade e a sensibilidade cutânea.

A hidratação e a proteção natural se dão através da produção do manto hidrolipídico, originado a partir de componentes oleosos das glândulas sebáceas, de componentes hídricos das glândulas sudoríparas e de substâncias do fator natural de hidratação (NMF), formadas a partir da camada granular durante o processo de queratinização. A hidratação cutânea natural se dá através do mecanismo de oclusão, que causa a retenção de água na epiderme pela impossibilidade de perda transepidérmica, e/ou através do mecanismo de umectação, que se dá por meio de componentes do manto hidrolipídico ou de princípios ativos higroscópicos, que atraem moléculas de água para a epiderme.

No envelhecimento, a hidratação cutânea é reduzida por interferência hormonal, que provoca uma redução da adesão/coesão dos queratinócitos, prejudicando a capacidade de retenção de água na epiderme e causando uma grande desidratação cutânea.

A derme, camada da pele responsável pela vascularização, inervação e produção de substâncias e fibras de sustentação, sofre uma redução no metabolismo, contribuindo para diminuição do fluxo dos capilares sanguíneos, gerando, consequentemente, menor nutrição e oxigenação do tecido. Por sua vez, os fibroblastos também são afetados, reduzindo a produção de todos os componentes dérmicos: fibras de sustentação (como colágenos e elastina) e matriz extracelular (GAGS e ácido hialurônico). Ao longo do tempo, o equilíbrio entre produção e degradação das fibras fica prejudicado, prevalecendo a ação das metaloproteinases (enzimas responsáveis pela degradação das fibras de sustenção), que causa uma atrofia dérmica.

A flacidez e a perda de contorno facial são causadas por todas as alterações citadas, além da diminuição no volume dos adipócitos localizados na região malar e da redução da massa muscular facial.

A Massagem Criolifting Facial foi inserida em um protocolo de revitalização facial, em que o profissional atual em todas as alterações cutâneas e musculares do envelhecimento, através da associação de cosméticos específicos, técnica manual, técnica de criolifting e vetores de lifting cosmético, com os seguintes objetivos:

– Cosméticos específicos: favorecer a permeação de princípios ativos; favorecer a renovação celular; estimular os fibroblastos; uniformizar a coloração da pele; e promover a hidratação.

– Massagem Manual: ativar a circulação periférica; melhorar a oxigenação e a nutrição tecidual; promover o alongamento e relaxamento muscular nas regiões correspondentes a rugas de expressão; favorecer o fortalecimento muscular (associado ao Criolifting) nas regiões correspondentes a rugas antigravitacionais e flacidez tissular/muscular.

– Criolifting Facial: promover estímulos neuro-muscular para favorecer a contração muscular em determinadas regiões.

– Vetores Cosméticos:promover estimulação sensitiva através de vetores de tensão com ação antigravitacional.

A técnica de Criolifting foi baseada no Método de Rood, desenvolvida na década de 50 por Margaret Rood. O objetivo deste método é melhorar a resposta muscular por meio da normalização do tônus muscular mediante a estimulação sensorial, que pode ser feita através de massagens, aplicação de estímulos térmicos (crioterapia) e determinados tipos de estiramentos.

Desta forma, a Massagem Criolifting Facial atua em todos os componentes cutâneos e musculares, que são estimulados com o objetivo de prevenir e minimizar os efeitos inestéticos do envelhecimento cutâneo.